“Não é bom proceder sem refletir, e peca quem é precipitado” (Provérbios 19:2).

A ignorância perde toda cautela, não nos levando para lugar nenhum. Na precipitação, erramos o alvo e agimos de maneira errada. Decisões mal pensadas normalmente são bem caras. Um carpinteiro sabe que é melhor gastar tempo medindo com cuidado do que serrando suas madeiras erradamente.

Os cristãos são ensinados a andar prudentemente, “não como néscios, e sim como sábios” (Efésios 5:15).

Quem anda com conhecimento e sabedoria não entra precipitadamente em situações, pois primeiro considera cuidadosamente o resultado. Ele pondera e ora, baseando suas ações no que diz a Palavra de Deus. Assim, cautelosamente, ele prossegue.

Aquietai-vos:
Quando passamos por dificuldades, ficamos tentados a agir de maneira precipitada. Mas qual é a ordem do Senhor para estas ocasiões? Aquietar, parar, esperar.

– “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra” (Sl 46.10).

– “Espera pelo Senhor, tem bom ânimo, e fortifique-se o teu coração; espera, pois, pelo Senhor” (Sl 27.14).

– “Sabeis estas coisas, meus amados irmãos. Todo homem, pois, seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar. Porque a ira do homem não produz a justiça de Deus” (Tg 1.19,20).

Pin It on Pinterest

Shares