PRIMEIRA IGREJA BATISTA DE BRASÍLIA

PRIMEIRA IGREJA BATISTA DE BRASÍLIA: Inaugurada em 7 de setembro de 1957 com o pastor Elias Brito Sobrinho e hoje pastoreado pelo Pr. José Carlos da Silva.
Antes mesmo da inauguração de Brasília, concretizada no dia 21 de abril de 1960, um pequeno grupo de irmãos batistas, vindos de várias partes do País, reunia-se na Cidade Livre, uns dos principais núcleos anteriores à inauguração da Capital. O número de irmãos crescia e o meio encontrado para acolher a todos foi construir um grande galpão de madeira e forrar com serragem o chão de terra batida.
No dia 7 de setembro de 1957, foi organizada a Primeira Igreja Batista de Brasília, na Cidade Livre. O grupo escolheu o baiano Elias Brito Sobrinho como seu pastor. Casado com Alcione Nogueira, o pastor tinha dois filhos, Rosalee Benilde Nogeuira Brito e Elias Brito Junior. A terceira filha do casal, Elvira Nogueira Brito, nasceu cinco anos depois.
A igreja cresceu rapidamente. Muitas foram as conversões, os cultos ao ar livre e as reuniões de evangelização. A PIBB era inflamada pela renovação espiritual que ardia no Brasil. Em 1964, a igreja se desligou da Convenção Batista Brasileira e participou com igrejas de outros estados de um movimento que culminou, em setembro de 1967, na criação da Convenção Batista Nacional, tendo o Pr. Elias Brito Sobrinho como seu primeiro presidente.
A igreja ficava aberta o dia todo e tinha culto duas vezes por dia, de manha e à noite. Às 6h o pastor já estava na igreja. Ele ganhou tanta gente no inicio de Brasília que a igreja chegou a ter 1,5 mil membros”, conta Bitencourt. Esse povo todo se reunia num balcão da 2 a Avenida da Cidade Livre. O Pr. Elias Brito Sobrinho faleceu aos 52 anos em 1974.
O Pr. Darci Guilherme dos Reis, sucessor do Pr. Elias, foi o responsável por tocar a construção do templo onde a igreja atualmente está estabelecida. O Pr. Darci ficou à frente da igreja por 12 anos.
Em 1988, o Pr. Ilton de Araújo Sampaio chegou a PIBB, onde ficou por 5 anos. Sua característica principal era o dom da palavra. Ele encontrou a igreja com 270 membros e, ao sair, o número era mais que o dobro, estava com 570. Durante a sua gestão, a igreja passou por um momento de crise. Alguns membros saíram para formar a Comunidade Evangélica Núcleo da Fé, hoje em plena comunhão com a PIBB.
O Pr. Ilton de Araújo Sampaio voltou a Belo Horizonte para pastorear a Igreja Batista do Barreiro e o pastor escolhido para substitui-lo foi o Pr. Wilson Régis. Escolhido em assembleia para pastorear a igreja, ficou alguns meses na PIBB. A capacidade e inteligência do Pr. Régis são inquestionáveis. Culto e versado em diversos assuntos, é um poliglota reconhecido – fala, lê e escreve em sete idiomas, inclusive grego e hebraico.
Em 1994, o Pr. Edson Batista Mendes de Souza assumiu a igreja. Um excelente orador, a forma como ele pregava o remetia a um contador de histórias, um narrador, que conseguia prender a atenção da igreja e plantar em cada coração a semente da palavra de Deus. O pastor ficou por 4 anos na igreja. No aniversário de 41 anos da PIBB, o paulista José Carlos da Silva foi convidado para pregar na igreja. Logo depois teve o seu nome ratificado numa assembleia como novo pastor da PIBB.
Uma nova fase se iniciou e atualmente o Pr. José Carlos da Silva juntamente com sua esposa Tânia Pereira dos Santos da Silva e seus dois filhos Ruben e Amanda deram prosseguimento a belíssima história da nossa igreja. E com seu toque como excelente pastor e administrador está nessa missão de liderar a nossa igreja e levar a Palavra de Deus a todos que aqui frequentam.
Nesses mais de 20 anos de pastoreio na PIBB, o Pr. José Carlos da Silva foi por duas vezes presidente da Convenção Batista Nacional, apresentou inúmeras crianças, fez centenas de batismos e casamentos. Reformou o templo e a igreja, modernizando e adaptando conforme o tempo passa.
Acreditou, treinou e inspirou uma geração de pessoas, delas saíram pastores, missionários e lideres de ministérios que hoje estão espalhados em novas igrejas pelo Brasil e pelo mundo. Manteve a tradição de uma igreja missionaria mantendo as congregações que a igreja já possuía e enviando novos pastores a outras igrejas que começaram a fazer parte da família PIBB.
Esta é um pequeno resumo da nossa história que continua a ser contada até o dia que nosso
Salvador virá levar sua Igreja.
Matéria de Suelen Menezes (Partes do texto da história da PIBB retirado da Revista Evidência. Ano 1. N o 1. Setembro 2006).

“Ser uma fraternidade Cristã, nos princípios da Palavra, guiada pelo Espírito Santo, e inteiramente a serviço do Reino de Deus.”

EM BREVE!

DOMINGO:

Culto Matinal 9h
Escola Dominical 10h
Culto de Celebração 19h

TERÇA:

Culto de Oração 20h

QUINTA:

Adolescentes (LAPIBB) 20h
Mulheres (PIBB Mulher) 20h
Homens (PIBB Homem) 20h

SEXTA:

Jovens (PIBB Jovem) 20h
SECRETARIA DA PIBB:
Segunda a sexta 10h as 16h

ANOS EM BRASÍLIA

TODO ESSES ANOS LOUVANDO AO SENHOR!